Alice Moraes

Padrões? Quebre-os!

Textos

Anjo adormecido
Você dormia tão traquilamente que não quis te acordar.
Parecia a mais bela das criaturas em seu sagrado descanso.
Meus olhos se fixaram em ti.
Apreciaram cada centímetro de seu corpo.
De suas curvas.
De seus encantos.
Talvez tenha sentido o peso do meu olhar sobre ti.
Não sei.
Mas fiquei imaginando aquele sorriso de canto.
Sabendo exatamente o que eu estava fazendo.
Pensando.
Vi seus olhos se abrirem e seus lábios se alongando ainda mais.
Vi até mesmo a minha boca acompanhando e desejando a sua.
Anseie em te tocar.
Mas temi te acordar.
Precisei sair.
Mas volto antes do sol repousar.
Para te amar mais uma vez.
Alice Moraes
Enviado por Alice Moraes em 26/04/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Guerreiros das Sombras R$12,00